25 de jul de 2016

Resenha| Confissões de uma garota excluída, mal-amada e (um pouco) dramática - Thalita Rebouças

Sinopse:  Tetê não tem a vida que pediu a deus. Ela é constantemente zoada na escola, seus pais brigam demais e ela é infeliz com a própria aparência. Uma situação mais comum do que pensamos existir em nossa sociedade. Mas ainda assim, ela tenta ser otimista e aproveitar as coisas boas da vida, como quando o pai perde o emprego e ela precisa se mudar para a casa dos avós em Copacabana. Já que Tetê não tem nenhum amigo e odiava sua escola antiga, ela vê essa mudança como uma oportunidade para recomeçar sua vida como adolescente.
Titulo Original : Confissões de uma garota excluída, mal amada e (um pouco) dramática
Autor (a): Thalita Rebouças
Editora : Arqueiro   Cortesia💛
Páginas : 272 |  Comprar
Gênero: Ficção
Nota ❤❤❤❤ |  Regular!


Confissões de uma garota excluída, mal-amada e (um pouco) dramática é o primeiro livro que a divertidíssima Thalita Rebouças publica através da Editora Arqueiro, é um livro muito lindo tanto por fora quanto por dentro. A narrativa que é voltada mais para adolescentes e relata a estória de Tetê que é uma adolescente que não se encaixa nos padrões e sofre bullying até dentro de casa.

Tetê apelido de Teanira é uma clássica adolescente de 15 anos  que não se encaixa nos padrões, é uma garota que se apaixona facilmente, nem um pouco vaidosa, que adora cozinhar e é sempre muito forte. Tudo começa mudar em sua vida, quando seu pai perde o emprego e ela se muda para a casa dos avós, o que acaba sendo bom, já que se muda da escola onde era sempre humilhada.

Eu quase não suportei ler o livro, logo nas primeiras páginas Tetê se ve obrigada a ir no pscicologo pela mãe, que acha que ela é louca apenas pelo fato de ser uma menina nada vaidosa, sem amigos e que não gosta de se depilar. Ela sofre claramente um bullying familiar, de todos os membros da familia - que chegam a pagar para alguém fazer amizade com ela - fora o bullying que ela sofria na antiga escola, uma garota totalmente angustiada.

Quando Tetê chega na nova escola ela conhece logo de cara David e Zeca que logo se dão bem, ela logo se apaixona pelo famosinho da escola Erick, que no caso namora uma garota metida chamada Valentina. E logo a disputa pelo coração do tão sonhado Erick começa, e tetê acaba sendo alvo de comentários maldosos. Até que com a ajuda de Zeca seu melhor amigo gay, Tetê começa a se cuidar, a ir ao cabeleireiro, a fazer a sobrancelha e a se cuidar naturalmente.
Uma das coisas que mais me incomodou o livro todo, é que Tetê não se melhorou por si mesma, mas sim para chamar a atenção de um garoto e ainda teve a ajuda do seu amigo gay/fada madrinha para dar o primeiro passo, aconteceu que uma leitura que eu achei que iria me trazer uma certa emoção por se tratar de um assunto tão difícil e que todo mundo passa, se tornou algo difícil de aturar por fugir totalmente da realidade.

 "Depois de tantas emoções, minha alma estava lavada. Naquela terça-feira à tarde, eu só estava livre de qualquer punição da escola e de dar desgosto para a minha família como tinha presenciado cenas que nunca poderia imaginar alguns meses antes. Como as pessoas são diferentes por dentro! Como as aparências enganam! Como a gente coloca uma armadura para não mostrar quem é por dentro..."
O livro não me agradou 100% porque o assunto foi tratado de um modo nada delicado, nenhuma delicadeza em tratar um assunto que milhares de adolescentes passam e sofrem por isso, e não é engraçado como tudo no livro, é pesado e sofrido. No final da história a lição que deixou foi que mesmo que a gente se goste, se a gente nos "amar" do modo como todos se amam, somos aceitos!

3 comentários:

  1. Esse livro tem uma capa linda rs Mas , não consigo gostar dos livros da Thalita , não sei porque... :/ Pelo que vejo nas redes sociais e tal , ela parece ser uma pessoa super simpática.

    majestadecultural.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Foi meu primeiro contato com a Talita e adorei. É uma leitura leve e gostosa. Recomendo a todas as idades

    ResponderExcluir
  3. Eu nunca li nenhum dos livros da Talita, mas falam muito bem.
    Eu passo pelo o mesmo problema da Tetê, mas se mudou dessa forma, talvez eu também não goste da história.

    Blog Marcy Moraes

    ResponderExcluir

Olá aqui é Bruna (Bubu)
Obrigada por deixar sua opinião , ela é sempre muito importante e será lida assim que puder .

- É proibido qualquer tipo de ofensa e palavras de baixo calão.
- Aceitamos criticas construtivas
Obrigada!