5 de fev de 2016

Resenha | O que há de estranho em mim - Gayle Forman

Olá pessoal tudo bem? Bom no post de hoje eu venho resenhar um livro maravilhoso que eu li agora em Janeiro, eu fiquei doida para ler desde que eu fiquei sabendo que seria lançado e o livro não me decepcionou. O que há de estranho em mim da escritora Gayle Forman é um livro cheio de emoções conflitantes e pontos críticos realmente importantes, vamos a resenha:


Titulo Original : Sisters in Sanity
Autor (a) : Gayle Forman
Editora : Arqueiro
Páginas : 225
Ano : 2015
Onde Comprar : Americanas | Buscapé
Nota | 
- Livro cedido para resenha pela Editora
Sinopse: Ao internar a filha numa clínica, o pai de Brit acredita que está ajudando a menina, mas a verdade é que o lugar só lhe faz mal. Aos 16 anos, ela se vê diante de um duvidoso método de terapia, que inclui xingar as outras jovens e dedurar as infrações alheias para ganhar a liberdade

Logo de cara eu soube que o livro seria muito profundo e me iria me proporcionar uma leitura muito difícil, por motivos que alguns assuntos tratados já ocorreram em minha vida. Mas estava muito apreensiva para ler, esse já é o meu terceiro livro da Gayle Forman e eu percebo que os livros dela tem sempre uma característica de tratar de momentos difíceis de modo bem forte. O que há de estranho em mim conta a história da Brit uma adolescente de 16 anos que viu sua vida virar de cabeça para baixo de um sonho de uma família perfeita, para um pesadelo desde que seu pai se casou novamente.

O pai por achar estar fazendo o melhor para sua filha interna ela em um reformatório juvenil. Desde que a mãe de Brit desenvolveu problemas psiquiátricos pai e filha nunca mais foram os mesmos e com a chegada da madrasta Brit quase não ficava em casa e passava a maior parte do seu tempo ensaiando com a sua banda Clod . Quando Brit chega a Red Rock logo ela percebe que os métodos usados são um verdadeiro descaso com todas as jovens.
A Red Rock tem métodos muito antiprofissionais que oferecem um tipo de "terapia" para muitos casos como: obesidade, homo sexualidade, rebeldia e muitos outros. Mas são na verdade apenas modos de destruir a auto-confiança das jovens e obediência por medo e culpa. A maioria das terapias incluía serviços pesados e até umas ofenderem as outras. Para sobreviver aquele lugar Brit fez amizade com mais quatro garotas V, Bebe, Martha e Cassie que ajudavam ela a manter a sanidade dentro de um lugar tão cruel. Passei uma boa parte do livro revoltada com tudo que ocorreu com Brit na Red Rock, principalmente porque em alguns casos se é possível enxergar a realidade de nossa sociedade hipócrita e preconceituosa.
Quando Martha sofre um acidente por andar horas no sol um dos muitos abusos infligidos pela instituição, Brit traça um plano para desmascarar a Red Rock. Com a ajuda das meninas e de Jed, Brit não desiste até reunir provas para liberta-las daquele lugar para sempre.
"Os monstros estão por todo lado,
Só que a gente olha e não vê
Não têm garras, não têm dentes afiados,
Parecem comigo e com você." 
 
Esse livro foi muito profundo para mim, me proporcionou uma leitura rápida e uma experiencia maravilhosa. O livro tem pontos muito importantes que temos que interpretar tanto como do ponto de vista de Brit como o de seu pai que acha que está fazendo bem a ela. Adorei o livro e espero que a mensagem que ele passa seja importante para vocês.

Bom é isso pessoal espero que vocês gostem e comentem ai suas impressões sobre o livro  Beijos da Bru 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá aqui é Bruna (Bubu)
Obrigada por deixar sua opinião , ela é sempre muito importante e será lida assim que puder .

- É proibido qualquer tipo de ofensa e palavras de baixo calão.
- Aceitamos criticas construtivas
Obrigada!